sábado, 6 de agosto de 2016

Vaiado e decorativo, Temer abre a Rio 2016

Foto Agência Brasil
Sem ser citado nem pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, o presidente interino Michel Temer (PMDB) foi alvo de uma sonora vaia nesta sexta (5) durante a abertura das Olimpíadas do Rio; o protesto contra Temer tomou conta do Maracanã já ao final do evento, quando ele foi ao microfone anunciar que os Jogos Olímpicos estavam oficialmente abertos; a fala do interino não durou dez segundos

Mais cedo, a blindagem ao interino Michel Temer, alvo de protestos no Rio de Janeiro e em São Paulo nesta sexta, motivou uma quebra de protocolo na Rio 2016. Temer não foi anunciado ao lado de Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional.

O protocolo previa a apresentação da dupla, mas apenas o segundo teve seu nome chamado ao microfone.

Fonte: Portal Brasil 247