sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Bancári@s rejeitam proposta e greve continua

Foto Carol Ferraz
Comando rejeita nova proposta da Fenaban na mesa de negociação e chama para o fortalecimento da greve a partir da segunda, 12/9

A Fenaban veio para a mesa de negociação, na sexta-feira, 9/9, em São Paulo, disposta a fazer mais uma proposta indecente para os bancários. Mais uma vez, os representantes dos banqueiros ofereceram reajuste sem aumento real. A proposta prevê a correção do  piso e verbas salariais (vales e auxílios) em índice  de 7% (0,5 do ponto percentual em relação à proposta de 29/8) e R$ 3.300,00 de abono (proposta anterior foi de R$ 3.000,00. Na próxima terça-feira, 13/9, às 14h, haverá nova mesa de negociação em São Paulo.

Depois que a proposta foi feita, integrantes do Comando Nacional dos Bancários se reuniram para avaliar. A decisão foi de rejeitar em razão da ausência de aumento real. “Os representantes dos bancos na mesa estão investindo na lógica de crise e do retrocesso. Não podemos aceitar abono porque não fica incorporado ao salário. O abono representa perdas para toda a categoria”, avaliou o presidente do SindBancários, Everton Gimenis, que participou da reunião no Maksoud Plaza.

Se a lógica dos bancos é a choradeira por conta da crise financeira, o Comando Nacional deixou bem claro que os bancos não têm do que se queixar. Somente no primeiro semestre deste ano, os lucros dos cinco maiores bancos (Banco do Brasil, Caixa, Bradesco, Santander e Itaú) chegou a R$ 29,7 bilhões. Na mesma direção, os juros do cheque especial bateram a casa dos 400% nos últimos 12 meses.

Assembleia de organização na segunda-feira, 12/9

Como a nova proposta da Fenaban foi rejeitada na mesa de negociação, a assembleia da segunda-feira, 12/9, no Clube do Comércio, será de organização do movimento. A orientação é de que os bancários intensifiquem a mobilização, participem dos atos da segunda-feira e que ampliem a mobilização para arrancar proposta decente da Fenaban. “Precisamos voltar na segunda-feira, com uma GREVE ainda mais fortalecida. A mobilização é fundamental nesta hora para que possamos pressionar a Fenaban a apresentar uma proposta decente”, acrescentou Gimenis.

Agenda desta Segunda-feira, 12/9

8h: Saída dos Piquetes Móveis para agências de bancos públicos e privados.
Meio-dia: Ato de Aniversário do Banrisul e em Defesa do Patrimônio Público na Praça da Alfândega em frente à Agência Central do Banrisul no Centro Histórico de Porto Alegre.
13h: Caminhada até o Palácio Piratini.
15h: Assembleia de Organização da GREVE no Clube do Comércio (Andradas, 1.085, Centro Histórico de Porto Alegre).

Fonte: Portal do SindBancários/as