terça-feira, 6 de setembro de 2016

Raul Pont mostra os avanços que a Educação e Assistência Social tiveram durante a sua gestão

Foto Equipe Gabinete
A vereadora Sofia Cavedon prestigiou Raul Pont no diálogo com dirigentes e alunos das entidades conveniadas com a Prefeitura. "Sua firmeza na defesa da forma democrática e com respeito à construção e caminhada desta parceria nos fortalece nessas pautas tão importantes em que nosso mandato de vereadora tem de empenhado profundamente!", destaca Sofia.

Raul Pont mostra os avanços que as áreas de Educação e Assistência Social à criança e ao adolescente tiveram durante a sua gestão

A política de assistência social desenvolvida pelos governos da Administração Popular em Porto Alegre é um dos motivos de maior orgulho de Raul Pont, candidato da Coligação Porto Alegre Democrática, que a conduziu como vice-Prefeito, na gestão de Tarso Genro, e depois, como Prefeito, de 1997 a 2000. A revelação foi feita pelo próprio candidato na tarde desta terça-feira (06/09), durante a Conversa com o Fórum Municipal da Criança e do Adolescente de Porto Alegre. “Foi uma das políticas públicas mais exitosas, não só pelos resultados positivos, mas porque foi construída com a sociedade, principalmente com o este Fórum”, lembrou.

Raul fez uma breve retrospectiva e, segundo ele, até os anos 90, a Capital praticamente não tinha política social constituída, não tinha rede de convênios, por exemplo, e nem repasses sistemáticos e suficientes. A partir de 93, Raul, que como vice-prefeito assumiu as políticas sociais, começou a dialogar com entidades e com a iniciativa privada a fim de firmar uma rede de convênios para atender a crianças e adolescentes, área que apresentava uma enorme demanda reprimida.

Foto Portal Raul Pont
Já no primeiro ano, a Prefeitura conseguiu construir 40 escolas para a Educação Infantil e assumiu o compromisso de subordinar as decisões aos Conselhos e ao Orçamento Participativo. “Tudo o que acordamos foi cumprido. E o resultado foi, ao final dos nossos governos, a construção de 200 escolas, o conveniamento com 120 creches e a criação dos Núcleos de Apoio Sócio Familiar, que foi modelo para o Bolsa Família”, revelou, lembrando que esta política possibilitou à Prefeitura ganhar prêmios importantes, como o da Abrinq, em 1999 e 2000.

O seu relato foi a prova concreta de que Raul vai, de fato, cumprir os compromissos assumidos durante a campanha eleitoral, como participação, diálogo com o setor e a garantia de formação para professores, buscando parceria com a UERGS e outras universidades, como foi feito durante o seu governo. Os cerca de 500 assistentes que formavam a plateia queriam o comprometimento do candidato com o diálogo entre o setor e a Prefeitura. Raul reassumiu seu compromisso com a democracia e disse que o novo marco regulatório para os convênios não deve alterar a política que irá adotar em seu próximo governo: “O marco regulatório não vai se sobrepor à nossa relação”,  afiançou.

Pela manhã, Raul já havia firmado seus compromissos com saúde, educação e assistência social na Conversa com os candidatos que aconteceu no Cesmar – Centro Social Marista – com o qual a Prefeitura firmou convênio, exatamente, no governo de Raul. Hoje, o complexo de quatro unidades, que têm turno inverso e cursos técnicos, atende a 1.200 adolescentes entre 15 e 20 anos. O Centro ainda desenvolve oficinas culturais, esportivas e de aprendizagem, incentivando vivências em grupo, formação integral, respeito às diferenças por meio de um processo educativo compartilhado entre educadores e alunos. Além disso, o grupo de jovens do Trabalho Educativo realiza atividades específicas na área de informática e trabalha questões de drogas, sexualidade, relações humanas, direitos e deveres descritos no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Fonte: Portal Raul Pont - Prefeito

Visite, compartilhe, divulgue o site Raul Pont - 13 - Prefeito