quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Câmara expressa apoio à Companhia Municipal de Dança

Foto Tonico Alvares/CMPA
A entidade pediu que o Legislativo aprove projeto do Executivo e emenda de vereadora Sofia Cavedon.

O período de Comunicações Temáticas da Câmara Municipal tratou, na tarde desta quarta-feira (30/11), da Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre. Com a presença de bailarinos, o presidente da entidade, Airton Tomazzoni, apresentou o trabalho realizado e recebeu apoio dos vereadores nas propostas em favor da companhia.

“Sempre nos disseram que o futuro dos bailarinos em Porto Alegre era o Aeroporto Salgado Filho”, iniciou Tomazzoni, referindo-se à falta de oportunidades a esses profissionais na Capital. Segundo ele, a Companhia de Dança representa um projeto piloto para a mudança desse cenário. “Surgida em 2014, essa curta história já mostrou um resultado animador: cinco espetáculos produzidos, com mais de 20 mil espectadores atendidos e democratizando o acesso à cultura”, ressaltou.

Foto Matheus Piccini/CMPA
O presidente da companhia também exaltou a implementação de cinco escolas preparatórias. “Elas atendem 512 crianças e jovens, que têm a oportunidade de frequentar aulas de dança gratuitamente no turno inverso ao escolar. Assim, elas desenvolvem seu potencial e não ficam à mercê da violência urbana”, destacou.

Por fim, Tomazzoni destacou as iniciativas favoráveis à Companhia que tramitam no Legislativo Municipal: o Projeto de Lei do Executivo que oficializa a sua criação e a emenda da vereadora Sofia Cavedon (PT) à Lei Orçamentária de 2017, que garante recursos para a entidade. “Com a aprovação de ambas, passaremos a ter, em vez de uma política de governo, uma política de Estado, que terá continuidade como uma iniciativa pública eficiente”, declarou.

Sofia, em sua manifestação, se disse feliz pela carinhosa recepção da iniciativa em todas as bancadas e exaltou o papel dos professores de dança. “Ao realizar o trabalho pedagógico, esses profissionais de alta qualidade proporcionam aos alunos desabrochar seu talento”, sublinhou.

A Companhia Municipal de Dança

A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre foi criada como projeto-piloto em 2014 numa parceria entre as secretarias da Cultura e da Educação. O projeto começou a tomar forma em março de 2014, quando foi lançado o primeiro edital de seleção de bailarinos/bailarinas. No mesmo ano já apresentou seu primeiro espetáculo, Salão Grená, no Auditório Araújo Vianna. O espetáculo foi apresentado em inúmeras temporadas no Teatro Renascença, Theatro São Pedro e em eventos como a Conferência Municipal de Saúde, além de eventos de destaque como o Festival Porto Alegre em Cena e o Festival Sul em Dança, já no seu primeiro ano atingindo um grande número de espectadores e ganhando destaque na imprensa e crítica especializada.

Desde 1940 a classe artística de Porto Alegre projeta caminhos para que a capital gaúcha tenha a sua Companhia Municipal de Dança. O projeto começou a se tornar realidade em 1995, quando a primeira Conferência Municipal de Cultura colocou a criação da Companhia entre as suas pautas. A partir daí, estas assembleias, que traziam as principais reivindicações a partir de demandas da classe artística, já apontavam para a necessidade de profissionalização da dança na capital.

Hoje a Cia Municipal de Dança de Porto Alegre é uma realidade. Conta com 15 bailarinos profissionais selecionados através de edital e já realizou quatro montagens (Salão Grená em 2014, Tempos de Partida, no primeiro semestre de 2015, Adágio no segundo semestre de 2015 e Solos em Boa Cia, em 2016), conquistando o público com 21 apresentações e mais de 20 mil espectadores.

Recentemente a Companhia recebeu patrocínio de O Boticário para se apresentar em 4 cidades pelo Brasil, reconhecendo a excelência do trabalho já desenvolvido e ampliando a difusão da arte da dança produzida em nossa cidade. Para o final do ano de 2016, a Cia foi convidada para participar de concerto especial com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) da ópera Carmina Burana, a ser apresentada no Auditório Araújo Vianna.

A Escola Preparatória de Dança é um projeto vinculado a Cia Municipal de Dança de Porto Alegre que mantém a formação de jovens e crianças da periferia que recebem gratuitamente aulas regulares de dança em escolas municipais da capital, desenvolvido em parceria pela Secretaria Municipal da Cultura e da Educação. A primeira unidade foi implantada na EMEF José Loureiro da Silva e devido a seu êxito, passou a contar com mais 4 unidades em diferentes bairros da cidade como EMEF Pepita Leão (Passo das Pedras), EMEF Liberato Salzano, EMEF Vitor Issler (Vila Mario Quintana), e EMEF Alberto Pasquilini (Restinga), atendendo mais de 500 alunos por ano.

A partir de 2016 os 20 alunos e alunas que se destacaram no processo de formação da Escola Preparatória de Dança passaram a integrar a Cia Jovem de Dança de Porto Alegre, que ensaia semanalmente nos sábados pela manhã, dando oportunidade para esses jovens atuarem com orientação dos bailarinos profissionais da Cia Municipal de Dança, qualificando-os e estimulando seu futuro como artistas da dança.

Leia aqui a Carta Aberta à População da Cia de Dança

Fonte: Portal da CMPA