sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Vereadoras participam do Dia de Combate à Violência contra a Mulher


Foto Marta Resing
Procuradoria Especial da Mulher da Câmara Municipal participa de manifestações pelo Dia de Luta contra a Violência à Mulher.

A Procuradoria Especial da Mulher da Câmara Municipal de Porto Alegre participa das ações realizadas na cidade pelo Dia Mundial de Combate a Violência Contra a Mulher, nesta sexta-feira (25/11). Um estande está montado no Largo Glênio Peres desde as 8 horas, e as vereadoras da Capital estão fazendo uma auditoria com o público. A banca funcionará até as 18 horas com a intenção de ser um espaço para as pessoas se informarem sobre as situações de violência que as mulheres enfrentam cotidianamente, além de haver a possibilidade de denunciar casos. 

O evento faz parte das ações do Comitê de Mulheres Pela Democracia dentro das atividades das Campanhas 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres#NenhumaAMenos.

Foto Marta Resing
Ao lado do estande foram colocadas 40 cruzes pequenas de madeira representando 40 mulheres ou famílias vítimas de feminicídio no Estado que foram noticiados na imprensa entre 2015 e 2016. De acordo com a Procuradoria Especial da Mulher, que é presidida pela vereadora *Sofia Cavedon (PT), no ano passado 99 mulheres foram mortas, mas somente cerca de 10 casos foram divulgados na mídia.

As cruzes chamaram a atenção das pessoas que estavam passando pelo local. A auxiliar de escritório Rafaela Vicente comentou que é muito triste ver essas mortes e, principalmente, pensar que o “pessoal acha normal” a violência contra a mulher. “O machismo sempre está acima de qualquer coisa; já está impregnado na cultura. Mas que cultura é essa que mata mulheres?”

Foto Marta Resing
A vereadora Sofia Cavedon iniciou a conversa com o público falando sobre a importância das mulheres participarem e serem ativas na política. A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) disse a cultura da violência contra as mulheres tem na sua base atitudes e pensamentos machistas. “Os casos que estão aqui expostos são de mulheres que sofreram a violência de gênero no seu grau máximo, muitas vezes pelo próprio companheiro, acobertados por um sistema que acaba aceitando e banalizando essas mortes”, finalizou.

As vereadoras Jussara Cony (PC do B) e Fernanda Melchionna (PSOL),  também participaram do evento.


*A vereadora Sofia Cavedon é autora Lei 11.279/2012 que instituiu o Dia Municipal pela Eliminação da Violência contra as Mulheres em Porto Alegre.