quarta-feira, 8 de março de 2017

Vereadoras do PT são empossadas no Dia da Mulher

Foto Marta Resing
Líder da Bancada do PT na Câmara de Porto Alegre, a vereadora Sofia Cavedon, estará liderando até sexta-feira (10), uma bancada somente de mulheres. A iniciativa inovadora na Casa Legislativa foi saudada pela parlamentar que também é a Procuradora Especial da Mulher no Legislativo Municipal.

Na sessão ordinária da Câmara Municipal desta quarta-feira (8/3), Dia Internacional da Mulher, tomaram posse as vereadoras Laura Sito (PT), Iyá Vera Soares (PT) e Margarete Moraes (PT) nos lugares de Marcelo Sgarbossa (PT), Adeli Sell (PT) e Aldacir Oliboni (PT). A intenção da bancada é que, nesta semana, as vagas do partido sejam ocupadas por mulheres como forma de enfatizar a data e possibilitar espaço para que todas expressem suas lutas.

Foto Marta Resing
Agenda das Vereadoras 

Sofia Cavedon informa que a Bancada do PT realizará duas agendas relacionadas às lutas das mulheres, sendo:

Quinta-feira - 09 de março, às 9 horas – Visita ao Espaço destinado à construção da Casa da Mulher Brasileira, no Vida Centro Humanístico - Av. Baltazar de Oliveira Garcia, 2132 – Zona Norte

Sexta-feira - 10 de março, às 11 horas - Visita ao Largo 08 de Março, com a presença da Ex-vereadora Maristela Maffei, autora da Lei N° 9.858/2005, que institui o monumento – obra artística – em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

Local: Largo 08 de Março (confluência entre a Av. Getúlio Vargas e a Av. Érico Veríssimo)

Mulheres vereadoras suplentes do PT tomam posse

Foto Leonardo Contursi/CMPA
“Tenho orgulho da atitude do meu partido”, afirmou Laura Sito (PT), pois ela mostra que “é possível debater a representatividade no parlamento e que nós, mulheres, podemos ocupar cargos de autoridade e decisão”. A vereadora contou que é fruto das políticas públicas das últimas décadas e que, por isso, irá apresentar projetos de lei que encabecem a luta feminina e da população negra. Sito ainda expôs que uma greve internacional foi organizada para este dia com o objetivo de denunciar que não será mais tolerado o avanço do patriarcado e do machismo. “Nós continuaremos lutando pelos nossos direitos.”

Foto Leonardo Contursi/CMPA
Falando mais sobre a luta das mulheres, Margarete Moraes (PT) relembrou a origem do Dia Internacional da Mulher, falando que esta batalha avança ao mesmo tempo em que recua, já que as desigualdades salariais ainda são muito grandes. Além disso, a cada uma hora uma mulher é morta no país. "O Brasil ainda consente com todas essas barbáries e finge não ver as violências sutis que as mulheres sofrem todos os dias.” Para Margarete, o ato do PT na Câmara abre possibilidades para as vereadoras suplentes exporem suas opiniões. “Este é um momento de valorização dos feminismos como agentes de transformação cotidiana”, encerrou.

Foto Leonardo Contursi/CMPA
Iyá Vera Soares (PT) saudou as vereadoras da Casa lamentando o fato de nenhuma delas ocupar uma cadeira na Mesa Diretora. “Esse espaço representa que o sistema brasileiro não é democrático.” Iyá Vera, que milita em prol dos direitos do povo negro e das mulheres, disse que Porto Alegre possui uma grande dívida com a população de matiz africana. Ela defenderá, nos próximos dias, uma profunda reflexão para avançar nas medidas de representação do povo afro porto-alegrense com a criação de políticas públicas especificas e a construção de um centro de referência no Largo Zumbi dos Palmares.

Com informações do Portal da CMPA