quinta-feira, 6 de abril de 2017

Após agenda, prefeito sinaliza com continuidade do debate na Smed

Foto Silvia Fernandes
Na reunião do Simpa e da Atempa com o prefeito, Nelson Marchezan Jr., e a secretária adjunta da SMED, Ivana Genro, durante cerca de 1h30min, as entidades mantiveram a posição de buscar um diálogo sobre a rotina imposta no início do ano às escolas de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino.

A partir do relatório apresentado pela Atempa, explicitando item por item do que está acontecendo nas quatro escolas que aderiram à rotina imposta e mostrar que as mesmas não cumprem o proposto, portanto, que o Decreto não é exequível. O prefeito mantém a “necessidade”, segundo ele, de que os alunos permaneçam em aula na quinta-feira, dia em que se realiza a reunião pedagógica coletiva. A categoria entende que esse procedimento inviabiliza a reunião. As recomendações apontadas pelo parecer do Conselho Municipal de Educação foram reiteradas pelos educadores.

O Simpa e a Atempa afirmaram a necessidade de haver um efetivo diálogo para que as diferentes visões, do prefeito e da categoria, possam ser postas na mesa e se encontre uma alternativa para o impasse atual.

Após o prefeito pedir uma cópia do relatório, ficou acordado que o diálogo terá continuidade, em reunião com o secretário municipal de Educação. A data não ficou confirmada porque a secretária adjunta exigiu o protocolo oficial de solicitação. As entidades protocolam o pedido de agenda na manhã desta sexta, reforçando que agenda seja na próxima segunda-feira, em função da Plenária da Educação, que acontecerá nesse dia, às 17h30min (primeira chamada).

Fonte: Portal do Simpa