quarta-feira, 12 de abril de 2017

Fechar a SME faz mal à saúde

Foto Marta Resing
É unânime. Fechamento da Secretaria Municipal de Esportes fará mal a saúde. Inconformadas com a possibilidade de perderem o espaço que lhes garante qualidade de vida na saúde, usuárias e usuários dos Centros Comunitários Cegeb e Cecores lamentam a proposta do atual prefeito em desmantelar a SME.

A escuta foi feita pela Frente Parlamentar em Defesa do Direito Social ao Esporte, ao Lazer e à Recreação, da Câmara Municipal de Porto Alegre, coordenada pela vereadora Sofia Cavedon (PT), que esteve na manhã desta quarta-feira (12) nos dois locais. 

Conforme a vereadora Sofia a Frente Parlamentar está percorrendo parques e Centros Comunitários administrados pela SME dando apoio às comunidades atingidas e realizando um reconhecimento das atividades desenvolvidas que serão colocadas em relatório para ser enviado ao Prefeito.

Foto Marta Resing
No Centro de Comunidade George Black (Cegeb), localizado no bairro Medianeira, muitos depoimentos demonstraram a apreensão das comunidades que utilizam o local. “Aqui é frequentado por vários usuários de diferentes bairros no entorno, como Glória, Belém Velho, que encontraram na atividade física um modo de superar doenças e ganhar qualidade de vida”, afirmam.

Saúde, bem-estar, segurança, contribuições acessíveis, estímulo aos jovens e à terceira idade são os principais elementos que as comunidades pedem para que a atual gestão da prefeitura veja e que mantenha a SME para garantir esse trabalho, diz Sofia.

Foto Marta Resing
No Centro de Comunidade Restinga (Cecores), o coordenador, professor José Rodnei Geib, cita as atividades desenvolvidas para crianças e adolescentes: futsal, ginástica artística, tênis, vôlei e para adultos e idosos: alongamento, câmbio, ginástica. O Cecores também conta com piscina comunitária e ginásio com atividades esportivas. “Mas atualmente estamos sem professores e a única estagiária que temos finaliza o seu período no final deste mês”, salienta. 

Já Rafael Rodrigues, presidente do clube de futebol americano Restinga Redskulls fez um apelo ao governo para que não feche as estruturas comunitárias. “Aqui no Cecores realizamos nossos treinos. São muitos meninos que hoje tem no futebol americano uma esperança e uma alegria”, enfatizou Rafael.

Acompanhou a visita o assessor do vereador Reginaldo Pujol (DEM), Max Zapata.

Veja aqui o registro fotográfico da visita aos Centros Comunitários.

A Frente Parlamentar em Defesa da SME já visitou os Parques Ararigbóia, no Jardim Botânico, e o Alim Pedro, no IAPI