quarta-feira, 5 de abril de 2017

Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre não é um fracasso como afirma o Prefeito

Foto Maia Rubim/Sul21
Na reunião com o prefeito nesta quarta-feira (05) a vereadora Sofia Cavedon (PT) questionou e criticou a forma que o governo Marchezan vem tratando a Educação. “Ele foi bem claro e afirmou que o modelo de educação municipal era um fracasso. “A situação atual é um fracasso...”.

Sofia rebateu o Prefeito discordando que a rede municipal da Capital seja a pior do Brasil, como disse Marchezan. Ela salientou que, na verdade, Porto Alegre tem a rede mais periférica do País e atende as comunidades de maior situação de vulnerabilidade. Ainda assim, diz a vereadora, tem excelentes resultados, como na área de robótica.

Também professora da rede municipal, Sofia afirmou que a educação municipal e as comunidades escolares vivem uma “situação dramática” em razão do impasse. “Objetivamente, a comunidade escolar não concorda com as mudanças”, disse.

Foto Marta Resing
Segundo ela, todos os conselhos escolares – formados por pais, professores, funcionários e diretores – fizeram assembleias e, em sua maioria, se posicionaram contra as mudanças. “As comunidades não acreditam e não estão convencidas de que a organização melhora a educação”, disse, salientando que, na verdade, desorganiza o que foi construído ao longo dos anos por toda a rede.