quarta-feira, 7 de junho de 2017

Apesar das dificuldades, Ginásio Lupi Martins segue firme com atividades para a comunidade

Foto Marta Resing
Dando continuidade às visitas aos centros de comunidades e ginásios municipais, a Frente Parlamentar em Defesa do Direito Social ao Esporte, ao Lazer e à Recreação, que atua pela manutenção da Secretaria Municipal de Esportes (SME), esteve na manhã desta quarta-feira (07), no Ginásio Municipal Lupi Martins, localizado no bairro Teresópolis.

A vereadora Sofia Cavedon (PT), coordenadora da Frente Parlamentar, o vereador José Freitas (PRB), e representação dos vereadores Aldacir Oliboni (PT) e Reginaldo Pujol (DEM), foram recebidos pela coordenação, professoras e usuárias do ginásio, que relataram a situação e a disposição de continuar com as atividades gratuitas oferecidas à comunidade.
Foto Marta Resing

Apesar de estar parcialmente interditado, devido aos estragos no piso causados pelas inúmeras goteiras no telhado, o Ginásio atende cerca de 400 pessoas por mês, entre crianças, adolescentes e a terceira idade, informou o coordenador, professor Rodrigo Carreño. “Atividades como futebol, voleibol e basquete não estão sendo praticadas em função do piso, mas disponibilizamos aulas de judô, ginástica adulto e idoso e ginástica artística” diz Rodrigo que há quatro anos luta para resolver os problemas de estrutura do local.

A vice-presidente da Associação Amig@s do Ginásio (Alupimar) e também usuária, Dilma Oliveira, disse que sua qualidade de vida melhorou 90% depois que começou a frequentar o Lupi Martins e a fazer as atividades físicas regularmente. “Este espaço é mais do que um simples ginásio. Aqui ganhamos vida!”, afirmou ela.

Manutenção

Foto Marta Resing
Atualmente, para manter o local limpo, usuários e usuárias cooperam na gestão do local contribuindo espontaneamente conforme as possibilidades financeiras de sua família, explica Dilma.

Já o coordenador Rodrigo informou que está tramitando na Câmara Federal uma emenda que destina Um milhão de reais para o conserto, em especial, do telhado do Ginásio.  Sofia e José Freitas cientificaram a coordenação de como proceder para acompanhar o processo de votação da emenda.

A Frente em Defesa da SME já visitou os Parques Ararigbóia, no Jardim Botânico, e o Alim Pedro, no IAPI, e os Centros Comunitários George Black (CEJEB), na Medianeira, Cecores, na Restinga; Ceprima na Santa Maria Goretti e o Ginásio Tesourinha.

Acesse aqui o álbum de fotos.

E aqui a manifestação de Sofia Cavedon.