quinta-feira, 29 de junho de 2017

Mais um dia de tiroteio em frente à Escola Municipal Pessoa de Brum


“...nesses quatro dias de tiroteio, nenhum representante do governo do prefeito Marchezan sequer ligou para saber o que estava ocorrendo, muito menos apareceram na escola...” 

Na manhã desta quinta-feira (29), a vereadora Sofia Cavedon PT) presenciou mais um tiroteio em frente a EMEF Vereador Carlos Pessoa de Brum, localizada na  Rua Abolição, na Restinga.

Em visita de solidariedade e apoio a comunidade escolar Sofia Cavedon presenciou a  dramática situação que vivem professores/as e alunos/as, tendo sido hoje o quarto dia consecutivo de tiroteios em frente a escola. “É um absurdo a ausência dos órgãos oficiais aqui para proteger esses professores/as e pensar na vida dessas crianças!”, denuncia a vereadora.

Foto Elisamar Rodrigues
A parlamentar, momento em que o tiroteio acontecia, chamou imediatamente a Brigada Militar, a Polícia Civil, a Guarda Municipal, e ligou para o Secretário Municipal de Educação, Adriano Naves, só conseguindo falar com a secretária do mesmo. Sofia também ligou para o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh) do Legislativo, solicitando uma urgente reunião  para tratar do assunto.

Foto Elisamar Rodrigues
A comunidade escolar está abandonada, diz a parlamentar, informando que nesses quatro dias de tiroteio, nenhum representante do governo municipal do prefeito Marchezan sequer ligou para saber o que estava ocorrendo, muito menos apareceram na escola, salienta a vereadora. “Os trabalhadores estão vivendo um momento dramático, com assédio do prefeito e tendo que lidar com essa crise na segurança”, assinalou.