segunda-feira, 5 de junho de 2017

Trabalhadores da FASC são barrados após protesto

Foto Tiago Morbach
Na manhã de segunda-feira (05), @s trabalhador@s da Fasc organizaram um protesto contra o desmonte da Assistência Social de Porto Alegre.

Em resposta, a direção da Fundação de Assistência Social e Cidadania fechou os portões do prédio, se negando ao diálogo e impedindo a entrada dos manifestantes ao seu local de trabalho.

O objetivo do protesto foi denunciar a precarização do serviço público e a impossibilidade de atendimento social às famílias por falta de equipe técnica, já que o governo desligou os trabalhadores terceirizados dos CRAS da cidade e não chama os concursados.

Leia também:
Rede de assistência social se reúne para denunciar precarização dos serviços em Porto Alegre

Fonte: Portal do Simpa