sexta-feira, 7 de julho de 2017

Essa é a nossa diferença!

Foto Ederson Nunes/CMPA
Em manifestação no período de liderança na sessão plenária desta quinta-feira (06), a vereadora Sofia Cavedon, líder da Bancada do PT, disse estar vendo uma tentativa de linchamento público da categoria municipária, da sua atuação parlamentar e da bancada, que ela não consegue entender as razões verdadeiras.

“Nos cobram uma mea culpa. Eu tive alguma atitude agressiva com alguém vereador dessa casa ontem? Assumam que vocês são absolutamente contra movimentos sociais. Essa é a nossa diferença, não olhamos os movimentos como crime. O que aconteceu ontem surpreendeu a todos nós”, afirmou.
De acordo com a parlamentar, isso faz parte de uma marginalização. “Vamos nos respeitar em *ataques pessoais. Nunca expus a vida de um vereador e eu também não marginalizo partido. Se erraram os municipários, não erremos nós. Temos de procurar coletivamente a melhor forma de caminhar”, concluiu.  

*Sofia foi duramente atacada por vereadores na tribuna da sessão plenária desta quinta (06).