quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Instalada a Comissão Especial para analisar projetos sobre funcionalismo

Primeira reunião ordinária da Comissão será no dia 19/9, às 17h, na Câmara.

Acompanhe aqui a tramitação dos projetos que atingem serviços e servidor@s na capital.

A vereadora Sofia Cavedon (PT) integra a Comissão, que  terá duração de três meses 

A Câmara Municipal de Porto Alegre realizou, nesta quinta-feira (14/9), a instalação da Comissão Especial destinada a analisar e propor sugestões aos projetos do Executivo que tratam de mudanças no Estatuto dos Funcionários Públicos do município. Conforme o proponente da comissão, vereador Dr. Thiago Duarte (DEM), a Comissão surgiu devido ao encaminhamento de três projetos do Executivo Municipal à Câmara, que dispõem sobre os direitos, deveres, vantagens, gratificações, remunerações, incorporações e licenças dos servidores da Capital.

Foto Leonardo Contursi/CMPA
A meta da Comissão, conforme o proponente, será a de discutir e aprofundar as propostas do governo, assegurando que os temas passem pela comissão antes de entrar para votação no plenário do Legislativo municipal. “Durante três meses buscaremos garantir a fiscalização e a autonomia dos   servidores e dar oportunidade de se construir algo que seja bom para o nosso município e para os servidores através do diálogo e de uma ação colaborativa”, finaliza.

O diretor geral do Simpa, Alberto Terres, presente no ato, defendeu a posição da categoria, deliberada em assembleia geral, que é pela retirada de tramitação dos PLs.

No término do encontro ficou acordado, entre os participantes da Comissão, que na próxima reunião, no dia 19 de setembro, será definido o relator e o cronograma de calendário das reuniões.

Integrantes

Integram a Comissão Especial os vereadores e vereadoras: João Bosco Vaz (PDT), Airto Ferronato (PSB), Cláudio Janta (SD), Fernanda Melchionna (PSOL), João Carlos Nedel (PP), Luciano Marcantonio (PTB), Moisés Maluco do Bem (PSDB), Professor Wambert (PROS), Sofia Cavedon (PT) e Valter Nagelstein (PMDB).

Também estiveram presentes representantes do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), Procuradoria Geral do Município (PGM), Hospital de Pronto Socorro (HPS), Sindicâmara, Associação dos Auditores Fiscais da Receita Municipal de Porto Alegre, (Aiamu), Sindicato dos Enfermeiros e Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers).

Com informações do Portal da CMPA.

Veja também:
- Simpa irá propor ação judicial contra o desconto de 14% para a previdência
- #EmDefesaDaÁguaPública
- Colóquio discute projetos que atacam direitos dos municipários/as e serviços públicos