quarta-feira, 21 de março de 2018

Sofia e Municipários/as ingressarão com representação contra o desmonte do DMAE

O DMAE está hoje com 1.600 funcionários e mais de dois mil cargos vagos

Atuando para que o DMAE não seja desmantelado, como deseja a atual gestão no Paço Municipal, Sofia Cavedon, vereadora do PT da capital, e representação de municipários e municipárias, terão audiência na tarde desta quarta, 21, com o Procurador-Geral do Ministério Público de Contas (MPC), Geraldo Costa da Camino, quando protocolarão representação para que o órgão investigue o que está acontecendo na autarquia: sucateamento geral; redução de pessoal - mais de dois mil cargos vagos; redução da sua condição técnica e a retirada de sua autonomia.

A audiência será  às 18h desta quarta, 21, na sede do MP de Contas -  Rua Sete de Setembro, 388, Centro.

Foto Marta Resing
Para Sofia o DMAE, hoje também com os serviços do extinto DEP, tem capacidade técnica e financeira de contratar as obras que ainda faltam do Plano Municipal de Saneamento e que, até 2025, chegarão ao tratamento total dos esgotos de Porto Alegre."Portanto, um órgão que planeja, um órgão que avalia,um órgão que atua, e um órgão que dialoga com a cidade, com uma tarifa social justa", destaca a parlamentar.

O DMAE, diferentemente do que alguns acreditam, afirma Sofia, é uma empresa pública de qualidade, e, se tem problemas, como na Lomba do Pinheiro, é porque os gestores erram, porque houve em Porto Alegre, por exemplo, a centralização das decisões da retirada da autonomia do Departamento para fazer as contratações previstas, rotineiras para os insumos e investimentos para dar continuidade ao seu trabalho. O DMAE está hoje com 1.600 funcionários. Sabem quantos cargos vagos há no DMAE? Dois mil e cinquenta e três cargos vagos, afirma a parlamentar.

Assista também a manifestação de Sofia por ocasião da Semana da Água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao postar seu comentário, por favor, deixe seu contato para que possamos retornar. Obrigada.