quinta-feira, 14 de junho de 2018

Jornada pela Educação - Cadê o governo do Estado para cuidar da nossa educação?

Foto José Porto
Solidariedade ao grupo de professores/as, alunos/as e pais e mães da Escola Infantil do Instituto de Educação General Flores da Cunha (IE) que está funcionando na Escola Estadual de Ensino Fundamental Felipe de Oliveira, que recentemente foi alvo de furto e arrombamento.

Essa é a 31ª visita de Sofia Cavedon, professora e vereadora do PT da capital, que em sua Jornada pela Educação está percorrendo as escolas localizadas na cidade desde o ínicio do ano letivo. Nesta quinta-feira (14/6) a parlamentar esteve na escola, atualmente localizada na rua Felipe de Oliveira, bairro Santa Cecília, ao lado do antigo Ginásio da Brigada Militar, este condenado pelo governo Sartori.

Em sua manifestação Sofia destacou a situação de violência e de vulnerabilidade que se encontra a comunidade escolar.

"O Instituto de Educação está interditado há três anos e não tem perspectiva de finalização da restauração do prédio, que começou em fevereiro de 2016 e deveria estar concluída em agosto de 2017.É uma falta de cuidado, de agilidade com a recuperação do IE e com a escola pública, como a Felipe de Oliveira, que abriga a educação infantil do Instituto, assaltada duas vezes seguido na semana passada. Além disso estão com redução na alimentação, pois estão com a geladeira estragada. Cadê o governo do Estado para cuidar da nossa educação, das nossas crianças e proteger o nosso patrimônio público, esporte, lazer e recreação?", questiona a parlamentar.

Para Sofia, assim como o prefeito Marchezan vem fazendo, atingindo a categoria municipária, o governador Sartori já mostrou a quem serve, castigando o funcionalismo público há quatro anos com o parcelamento de salários, também congelados. "O magistério estadual está de parabéns, porque desenvolve um excelente serviço, apesar da falta de estrutura e condições de trabalho", destaca a vereadora.

 Assista aqui: 
Jornada pela Educação